Atrativos do bairro e notícias da Grande Florianópolis. Contato: clickobrasol@gmail.com

Arquivos

Pesquisar

Outras postagens

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. CLIC KOBRASOL 2019. Tecnologia do Blogger.

Mapa do Kobrasol

Quer divulgar no Clic Kobrasol? Envie um e-mail para clickobrasol@gmail.com que entramos em contato!
Atrativos do bairro e notícias da Grande Florianópolis

Contato: clickobrasol@gmail.com

Agosto Lilás reúne mulheres em debate que vai da violência ao empoderamento feminino

Compartilhar:
Jaciara Ribeiro é presença confirmada no evento. Foto: Gabriel Bonfim

O palco do debate não poderia ser mais apropriado: o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). No dia 21 (quarta-feira), o local, que já recebe a exposição "M. - Meu Lugar na Sociedade", do fotógrafo Gabriel Bonfim, abrigará um grande encontro que faz parte do calendário oficial do Agosto Lilás em Florianópolis. O evento terá início às 19h e contará com mulheres que são referência no tema e participação especial em vídeo da própria Maria da Penha. A mediação da discussão será feita pela desembargadora Salete Silva Sommariva, coordenadora do Cevid (Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar).

Participarão do debate a advogada Rejane Silva Sánchez, presidente da Comissão Estadual da Mulher da OAB-SC; Luciana Telles Rodrigues Rovaris, assistente social e coordenadora do CREMV (Centro de Referência à Mulher em Situação de Violência), em Florianópolis; e Roseli Pereira, coordenadora de Políticas Públicas para as Mulheres da Prefeitura da Capital. "É muito importante debater, sensibilizar e prevenir. As pessoas precisam entender que existe uma lei que protege as mulheres. Muitas vezes, o que falta é o conhecimento dessa lei (Maria da Penha). E falo aqui da violência não só física, como psicológica também", comenta Roseli. 

Outra participação especial será a da baiana Jaciara Ribeiro, ialorixá que foi fotografada por Gabriel Bonfim e faz parte da exposição "M.". Jaciara vai falar do racismo e da intolerância às religiões de matriz africana que atingiram não apenas Jaciara, mas provocaram também o falecimento de sua mãe, conhecida como Mãe Gilda, em virtude da publicação de sua foto com título ofensivo no jornal Folha Universal. Jaciara ganhou o processo contra a Igreja Universal e a data da morte de sua mãe, 21 de janeiro, foi instituída como o Dia de Luta contra a Intolerância Religiosa. 

Andréia Marques, também fotografada por Gabriel Bonfim para a exposição “M.”, estará presente no evento. Ela teve sua história como mulher marcada pelo fato de sua cor e gênero a colocarem na base de uma pirâmide de preconceito estrutural. Influenciada pela representatividade de outras cantoras negras, descobriu o poder da sua própria voz para cantar e para reivindicar seu espaço na sociedade.

Agosto Lilás
Implementado em Florianópolis por meio da Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para a Mulher, órgão da Prefeitura, o Agosto Lilás foi criado para dar visibilidade à Lei Maria da Penha e sensibilizar toda a população sobre a importância da prevenção e combate à violência contra às mulheres. 

A campanha foi instituída oficialmente na Capital por meio da sanção de uma lei municipal no dia 7 de agosto. A data é simbólica, já que nesse mesmo dia, em 2006, era sancionada a lei federal 11.340, mais conhecida como lei Maria da Penha. A lei marcou uma importante conquista de combate à violência contra as mulheres em todo país.

"Esperamos cerca de 400 pessoas para este importante marco do Agosto Lilás em Florianópolis e que faz da exposição M. É um evento bem democrático, com o acesso aberto à população. Aguardamos pessoas de todos os gêneros, cores e crenças. É um evento para todos", fala o artista Gabriel Bonfim.   

Serviço

O quê: Debate Oficial sobre o Agosto Lilás;
Quando: dia 21 de agosto (quarta-feira) às 19h;
Local: Auditório do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, Rua Álvaro Millen da Silveira, 208, Centro, Florianópolis;
Ingresso: entrada livre.
Compartilhar:

Clic Floripa

Post A Comment: